terça-feira, 3 de julho de 2012

O cisne branco também é negro. O cisne negro também é branco.

“A totalidade não é a perfeição, mas sim o ser completo. Pela assimilação da sombra, o homem como que assume seu corpo, o que traz para o foco da consciência toda a sua esfera animal dos instintos, bem como a psique primitiva ou arcaica, que assim não se deixam mais reprimir por meio de ficções e ilusões. E é justamente isso que faz do homem o problema difícil que ele é”. (Carl G. Jung)


Nenhum comentário:

Postar um comentário