sábado, 12 de janeiro de 2013

Como transplantar o cravo pra tela? Irritado, O Cravo.

"Já o cravo tem uma agressividade que vem de certa irritação. São ásperas e arrebitadas as pontas de suas pétalas. O perfume do cravo é de algum modo mortal.
Os cravos vermelhos berram em violenta beleza.
Os brancos lembram o caixão de criança defunta: o cheiro então se torna pungente e a gente desvia a cabeça para o lado com horror. Como transplantar o cravo para a tela?"

(Clárice Lispector, do livro Água Viva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário