domingo, 17 de fevereiro de 2013

A perigosa Dama-da-noite


"Dama-da-noite tem perfume de lua cheia. É fantasmagórica e um pouco assustadora e é para quem ama o perigo. Só sai de noite com seu cheiro tonteador. Dama-da-noite é silente. E também da esquina deserta e em trevas e dos jardins de casas de luzes apagadas e janelas fechadas. É perigosíssima: é um assobio no escuro, o que ninguém aguenta. Mas eu aguento porque amo o perigo."
(Clarice Lispector, do Livro Água Viva)


Nenhum comentário:

Postar um comentário