quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Despenteado, o Crisântemo


"O crisântemo é de alegria profunda. Fala através da cor e do despenteado. É flor que descabeladamente controla a própria selvageria. (...)
(...) Tenho que interromper porque – eu não disse? Eu não disse que um dia ia me acontecer uma coisa? Pois aconteceu agora mesmo."

(Clarice Lispector, do Livro Água Viva)


Nenhum comentário:

Postar um comentário